Poderia até chover, pois molhado já estava.


E assim foi, até que descobriu que os boatos eram poéticos.


Fez-se a poesia.


Sinestesia.


E o sal consumiu o ímpeto por falar a verdade.


Tornou-se um mito!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria