Fiquei na estranha espera da noite chegar. 
Contando as horas e até os segundos.
Embora, talvez, fosse o único a esperar, ainda assim esperei. 
A noite, às vezes é ingrata e ignora.
Quanto menos chega, mais a quero.
Mas, por que?


Porque ela trará você!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria