Me odeio por não te odiar. O coração clama para esquecer, mas é inútil como acreditar que o mar perderá seu sal de uma hora para a outra!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria