Fiz o pôr-do-sol para traduzir o que origina a noite. Nele estas a viver, porém não o és, pois o fiz para seu prazer e não para que existas como tal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria