Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015
Nunca cheguei no final da casa, 
porque nos perdíamos na porta de entrada. 
Essa foi a conclusão alcançada.

Por isso, o tempo tratou de apagar 
aquele fogo que aprecia eterno como o próprio tempo.

A poesia nunca chegou a ser terminada, 
pois a inspiração morria no primeiro verso. 
O primeiro verso sempre a se tornar o último.
(H)aja a poesia para haver vida. Do norte ao sul, o horizonte inunda de paixão a alma que se afoga em suas metáforas líquidas. Existirá um dia vontade maior
de estar vivo para ser a própria metáfora