Tudo o que quis ainda mais dizer ontem

Em meio a toda essa paixão que arde como fogo, 
sinto o toque dos versos seus.

Os versos reluzentes como os raios de seus olhos.
Os versos do dia e da noite.
Os versos da esperança e da bondade.
Os versos seus... meus e nossos.

Em meio ao presente, virando a página do passado, 
busco saber quem eu sou.

Sou o verso e tu és a poesia!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria