Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

João e Maria

Ontem conheci João, o homem mais alto que já vi em toda a minha vida. Pode ser redundante falar isso, mas ele é um grande homem! 
Atravessando a rua, observei alguém ajoelhado quase no meio da rua catando uma série de frutas que rolavam como bolas, com todo o cuidado, enquanto uma senhora o olhava preocupada com o trânsito que ferozmente não parou para observá-lo.       Cheguei mais perto, olhei para ele e até ofereci ajuda, porém João apenas sinalizou com a mão que estava tudo em ordem e eu não precisava me preocupar. Depois de colocar tudo novamente na sacola, pegou a senhora pela mão com toda a delicadeza e a levou para a calçada, tirando uma espécie de tala da mochila e enrolando em seu pulso.       A senhora por sua natural debilidade na certa tinha caído no chão e por isso as frutas rolaram e estava machucada. Toda a ação foi em silêncio e quando se despediram ele apenas disse para ela ir devagar pela rua e que seu interior fosse preenchido por uma paz nunca antes sentida.       A c…

Terceiro suspiro

Qué dicir de las palabras?
Parten como gaviotas rumo al cielo, después de besaren los labios de la chica.

En el jardín crío la mejores rosas y lejos del hielo las pétalas tienen um olor caliente.

Las palabras, dulces palabras, que un día foran saladas por la vida.

Saladas como las lagrimas de los ojos, los mismos ojos grises que miraron la bella flor.

Temprano sigo en mi busqueda por las calles llenas de coches, voces, ojos hambrientos de amor.

La pasión inexplicable hace arder mi pecho. Mis piernas, muñecas y mejillas necesitan el olor de sús manos.
Necesitan amar a tí en el día y en la noche hasta que mi corazón vuelve a bater.

Segundo suspiro

Viajo, vou no fundo do seu olhar.
Sinto o cheiro, o gosto, o fulgor e a decência.

Decência?

Despes meu corpo e sem peso sobre mim sou lançado para ainda mais fundo.
No fundo... do olhar, que vagaroso faz meu controle delirar.

Primeiro suspiro

Pétalas, odor que invade as narinas, queimando a alma.
O perfume de todas as flores não se compara.
Porém, essa flor está em meu jardim?
As palavras viraram apenas sinestesias!

" HOMENS" não choram

Segundo o dicionário, a palavra choro remete a  lamentar, arrepender-se e claro derramar lágrimas. Aquela sensação que consome suspiros e o fôlego, sufocando intensamente, retirando as cores até que a lágrima finalmente desça. Porém, ainda assim, existem os que choram para si, para dentro, com o único objetivo de ninguém perceber.
      A maior definição para esse desnecessário disfarce é medo de demonstrar a fraqueza, que é forte e tão real quanto o arder dos raios do sol. A maior fraqueza no caso é deixar o ego ser mais salgado, mais quente, mais lamentável e mais doloroso do que a própria lágrima esculpida pelas batidas do coração.
Certo! Tudo se passa no coração. O músculo mais formidável do corpo humano. O mais intenso, porque além de espancar vida para as veias sangrentas ainda é o principal culpado por tristezas, decepções e outras mazelas. - Se meu coração não fosse tão frágil nada disso teria acontecido. Prometo nunca mais dar ouvidos para ele e ser somente racional. A pa…