Bendita...

Bendita seja a canção da alma que toca nos dias sem vida ou resplendor.
Bendita a rosa que brota na alma cantante e que a muitos lábios faz sorrir.
Bendito o ventre que no silêncio fez a vida surgir para cantar e sorrir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria