Só agora

Aonde andaste com esse olhar?
E por que o som da sua voz somente agora
atravessou meu peito?

Teus passos marcaram minha sombra, e o sol do meio dia se pôs só  para te ver andar. Mas, porque só agora?

Se de mim fugiste a vida inteira, e hoje apaixonaste meu coração, que toda essa cor que trazes em seu sorrir continue a pintar a jovem alma deste velho sonhador, pois gotas cansei de colecionar, porém sua presença, mesmo que tarde veio para me encantar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria