Pasmo perante a própria bravura.
Delinquente perante meus próprios atos.
Acredito merecer tais sentimentos, pois é o
preço pago e sofrido por poder contemplar
tamanha formosura.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria