Tuas lágrimas


O vento  que corteja teus cabelos e
faz seus olhares lacrimejarem me 
fizeram livre ser.

O desmanchar de sua sinceridade 
me corrompeu e em suas lágrimas 
passei a viver.

Vida que se faz não só vivendo por viver ,
 mas vivendo a vida viva. 
Com o calor salgado de sua essência;
olhos de menina , corpo de mulher. 

Alegria fantasiada sem mentira disfarçada 
e que mesmo depois de morto me 
fez voltar a nascer.

Quem dera fosse eu tuas lágrimas ,
pois sairia de sua alma , espantaria o medo , 
me dando calma e mais uma vez iria 
contigo florescer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria