Rosa de sorocaba


O teu sorriso
foi o único
pulsar que meu
peito levou dali.
Seu nome simples
reflete o peso de sua
essência , e é preciso
conhecer toda a 
ciência para te entender.

A nostalgia incomum
foi inevitável. Saudade
do olhar calmo e dos lábios
querendo sempre dizer. 
As palavras da rosa pintaram todo 
o mundo , mas o mundo não entendeu
o que significa ser a rosa.

A despedida foi
silenciosa , porém o
ruído do adeus , tenebroso.
A falta , a saudade !
As penduro em algum cabide
e fecho a porta para sempre.
Repouso e descanso!
É o que minha alma precisa , 
pois partistes com teu destino , 
afogando o meu com o beijo da rosa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria