Homenagem para Armando Nogueira

Hoje na brisa
Que faz meus
Olhos abrirem.

Hoje quando o sol
Começa a rasgar os céus.

Hoje..
Quando as lagrimas
Repletas de saudade
São inevitáveis e sua ida
Traz dores irreparáveis.



Homenagem ao melhor dos melhores !

Como fazer diminuir...
Jogar palavras ao vento
Para sua presença eternizar(interrogação)
Algo redundante pois,
Sua arte já é eterna.

Um espelho agora quebrado,
Que muitos que estão na estrada
Do sucesso se espelhavam.

Sua permissão foi concedida..
Suas agonias encerrarem;
Agora  ,levar-te ao esquecimento...
Jamais.
Somente há o desejo que
O artista ,livre daquelas correntes,
Descanse em paz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria