Doar amor


     A maior porção do amor é  a doação. Doar não é emprestar ou alugar. Um coração doador do sentimento não pode , ou pelo menos não poderia querer receber na mesma proporção o que saiu de si. Mas o que um coração pode doar?
     Batidas sinceras , palavras , gestos e gentilezas. Se o amor é o que o faz bater , as manhãs , tardes e noites são únicas e o nobre dono pode se sentir honrado. O amor não é só um sentimento que existe desde sempre , ele é o principal mecanismo que fez a  humanidade crescer e chegar a conclusão inevitável de que ele é extremamente necessário.
     Sem o amor não há vida. Sem amor nada nasceria , cresceria e completaria o ciclo natural e vital conhecido. Mas ,com relação a doação , doar amor não é para qualquer mortal , porque é de suma importância que primeiro haja amor por si próprio , para depois doar aquilo que faz o coração transbordar. Não há como se falar de algo que não se vive ou ensinar o que ainda não se sabe.
    Doar amor é muito mais que uma ação cooperativa. É antes de tudo receber a essência pura e celestial mais formidável que existe e passá-la em forma de inspiração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria