Bem me quer..

Enquanto puder aos céus pergunto:
Será que bem me quer?
Diante do medo , da fria noite , do
pavor constante de te ter como és.
De noite ou de dia... será? Bem me 
quer?

Na madrugada gélida , sem amor ou
com ele. Vestida de branco ou simples
ternura. Será? Bem me quer?
No impulso voraz de criança que sonha.
Com desejo ou lembrança. Será? Bem me 
quer?

Na sombra do espelho ,olhando em
seus olhos. Com o clamor de uma deusa.
Será? Bem me quer?
No ritmo que embala o céu e a terra.
Rainha contente da minha alma cantante.
Se é brilho constante , som de chuva
ecoante. O esforço maduro de um corpo
brilhante. Se é isso que quero... Será? 
Bem me quer?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria