Chuva na espera

A chuva c                
                  a                    
                     i                       
                       u
na noite em que te esperei.
Meus passos impacientes pisaram
poças negras e rasas. Os anúncios
que estavam nos postes se dissolveram ,
assim como minha calma. Seu sorriso
 era tudo que eu queria ver e seus
lábios o que eu queria sentir.
Seu perfume , mesmo que distante ,
 forçava minha imaginação
a só te querer. A chuva caiu ,
o céu sorriu , meus desejos
 lavou, e o amor por ti para
sempre partiu.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria