Cala-te

Oh, meu coração!
Por que bates tão
apaixonado?
Será esse o único jeito
de bater?

Por que não te cansas
de chorar e sofrer nas
noites de festas?
Por que não te cansas
de sangrar amarguras
e espinhos?

Se é paixão teu carma ,
teu retardo e angústia ,
por que sabendo disso ,
ainda insiste em fazer
questão de dizer que por
seu amor bate feliz?

* Júnior Borsoi *

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria