Primavera





Hoje suas pétalas brilhantes e
serenas adocicam meu olhar.
O verde da grama,  o amarelo
do sabiá e o azul claro do céu
me mostram que viva você está.

    Tuas vestes cobrem meu dia
    desnudo , e a brisa fina no fim
    da tarde refresca o meu prosear.
    Ela balança os dentes-de-leão ,
    acende meu coração , e me faz
    livre andar.

Por ti , o sol queima a linha do
horizonte ao se pôr em descanso.
O bravo alaranjado dali , te dão
licença para também dormir , e um
esplendor constante alcançar.

      Tão mansa como águas tranquilas,
      você chegou , fazendo o contraste
      das estações.Seu canto angelical pude
      ouvir e repousar em berço esplendido.

Suavidade sem igual. Tuas cores me
alucinam, me intensificam , és minha
melhor metáfora , que espanta todo mal.

*Imagem retirada do google!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria