Asas



Nesta tarde
em que pareço
estar só.
Numa praia ou
algo do gênero
onde tudo que
escuto é a sua voz
e o resultado da
mistura excitante
de ondas se quebrando
e aves cantando.
Numa tarde louca e
presente , a única
que posso dizer , é
que estou realmente
contente.
Poderia neste exato
e breve momento me
suicidar.....
A certeza é bem
maior e não iria
nem no chão tocar ,
pois suas asas iriam
em segundos me segurar.
Aceitei de braços e
coração abertos.
demorei para entender ,
mas do céu elas foram
dadas para um mundo
incerto viver.
Para permanecer com
elas , há apenas uma
condição: amar ,formar
e nunca errar.
Amando-te, formando
um resistente escudo
e nunca errando ,
sempre as terei.
Suas penas me
cobrem e são assim
sempre que me
acalenta com suspiros
e sorrisos.
Para os fracos ,tolos
e desalmados ,que
são companheiros da
vida , só me resta observar
quantas tentativas terão
para esse ser que lhes
fala , se tornar e realmente
dar asas ao coração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria