O sonho do poeta

Ele só quer amar sob o ódio , rancor e avareza....
Escreve sob os raios do sol de qualquer época , deixando os versos ferverem para ganharem vida  e doarem esperança.
Seu desejo?Apenas criar arte solene e fazer controversas  , fazerem sentido único.
Seu nome? Eu ,tu , ele  ,nós ,vós , eles!Viventes de um mesmo mundo , girando por uma poesia.Há de haver paz e contemplação ,morrer trevas e ranger de dentes. Paradoxos virarem vida e paradigmas , morrerem  sós!
Escrever amor em poucas linhas ,amor sincero que não se viu.Olhar as estrelas , desejar aquela, a pele escura o atraiu.
E em poucos dias ali se faz.........
                                                      Sonhar na tarde.....chorar jamais!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijo egípcio

Soneto da alegria